Carlos Alves Lopes é doutorado em História Contemporânea, pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, na vertente de História Naval, onde desenvolveu a tese doutoral “Portugal e o Bloqueio Naval na Grande Guerra; Uma lição aprendida e esquecida”. Obteve o grau de Mestre em História Contemporânea pela Universidade Aberta em 2013, tendo à data apresentado a dissertação sobre “Os portugueses na Grande Guerra; uma experiência de combate e de cativeiro”. Foi Licenciado em História em 1998 e alcançou uma pós-graduação em Estudos Portugueses (História Medieval) em 2005, ambas pela Universidade Aberta. É ainda, Auditor de Defesa Nacional pelo IDN - Instituto de Defesa Nacional.

Desde 1989 e ao longo da sua carreira profissional, assumiu diversos cargos de responsabilidade de gestão na Banca, tendo as suas últimas atribuições sido de Director-Adjunto da Direcção de Auditora e Inspecção, Director e Provedor do Cliente. Entre outras áreas de gestão esteve envolvido em projectos de segurança de informação, como project leader.

É actualmente investigador no Instituto de História Contemporânea da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, na área de Economia, Sociedade, Património e Inovação, e investigador no Centro de Investigação Naval da Escola Naval, na área de história e arqueologia, onde desenvolve um projecto sobre “Logística e tecnologia marítima no século XX: A transformação do espaço”. É ainda, membro da Red Transnacional de Estudios sobre Conflictos e Identidades, da Universidade de Sevilha. Tem colaborado com o Instituto Universitário Militar desde 2016 como arguente.

Tem participado em várias comunicações científicas: seminários, conferências workshops, com especial incidência sobre matérias do foro militar e naval durante do período contemporâneo, em especial sobre a Grande Guerra. Neste âmbito publicou artigos em revistas e obras colectivas. É responsável pelo site de divulgação de história militar e naval portuguesa do início do século XX, www.momentosdehistoria.com
 
Atualizado em 17 de abril de 2019