​​No âmbito das Relações Externas, a Escola Naval desenvolve um vasto leque de actividades que visam:

  • Promover o intercâmbio de alunos nas diversas áreas de intervenção da Escola;
  • Estabelecer e consolidar o contacto com Academias Estrangeiras;
  • Cooperar em projectos de investigação;
  • A troca de experiências e processos formativos;
  • Dar a conhecer a Escola Naval, a sua estrutura, história, cultura, aprendizagem e organização;
  • Fomentar e adquirir diferentes conhecimentos;
  • Estimular novas iniciativas.
 

Para tal, a Escola Naval mantém relações bilaterais com várias instituições de ensino nacionais e internacionais. É de realçar o intercâmbio de alunos com vários países, encontrando-se actualmente a frequentar os cursos de Mestrado Integrado 25 alunos estrangeiros, oriundos de Angola, Argélia, Cabo Verde, Moçambique e S. Tomé e Príncipe.

Em 2011, foi atribuída à Escola Naval, pela Direcção-geral da Educação e Cultura da Comissão Europeia, a Carta Universitária Erasmus (EUC – Erasmus University Charter).

O Programa Erasmus visa melhorar a qualidade e reforçar a dimensão europeia do ensino superior, incentivando a cooperação transnacional entre universidades, promovendo a mobilidade europeia de forma a melhorar a transparência e o pleno reconhecimento académico de estudos e habilitações em toda a União Europeia.