A Escola Naval irá realizar, no próximo dia 1 de fevereiro, um pequeno ciclo de três conferências temáticas, para comemorar um evento de natureza evocativa e científica, que relembre um facto que ocorreu há setecentos anos atrás, explicando aos alunos e a todos os presentes as circunstâncias políticas em que foi assinado o contrato de Atouguia da Baleia e as consequências que dele decorreram, nomeadamente, o de criar o Almirantado da Marinha Portuguesa, com o objectivo específico de garantir o exercício do poder naval sobre uma área de interesse próprio, a par com uma política externa e um jogo de alianças que consolidavam a independência nacio​nal.​