​​Tiago Miguel Fraga é Mestre de Artes em Antropologia pelo programa de Arqueologia Náutica da Texas A&M University e doutorando em Arqueologia pela Universidade Nova de Lisboa. 

Detém mais de uma decada de experiência no campo da arqueologia náutica, com participações em dezenas de campanhas. 

Director do Projecto de Investigação da Carta Arqueológica Subaquática Baía de Lagos (CHAM), do Projecto de Investigação Patacho Pedro Dias (INA-CHAM).Assistente de Investigação do Centro de História de Além-Mar, (FCSH-Universidade Nova de Lisboa e Universidade dos Açores) e membro colaborante da Universidade Autónoma de Lisboa. Especialista em reconstrução computorizada, principalmente de embarcações, cadeira que leccionou de 2009 a 2012 na Pós-Graduação em Arqueologia Subaquática da Universidade Autónoma de Lisboa e do Instituto Politécnico de Tomar. 

Orador com mais de 30 participações em congressos nacionais e internacionais. Autor de um livro e de dezenas de artigos em revistas da especialidade, divulgação geral e conferências. Recebeu diversas distinções e prémios inclusive da National Geographic Society / Waitt Foundation, Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação Luso-Americana para o Desenvolvimento,Universidade Texas A&M, Fundação Jack Petchy e Fundação para a Ciência e Técnologia. A sua mais recente publicação é Fraga, Tiago Miguel; et all Research in Maritime Archaeology in Portugal: A view of the Past and Present. IN Sila Tripati: Shipwrecks around the world: A view of the Past. Delta Book Workd, 2015, p. 450-485.​